Alimentos

Polvo: delicioso mistério

O polvo é uma fonte de vitaminas e minerais mas pouco se sabe sobre o seu enigmático modo de vida. Descubra tudo sobre as suas vantagens e propriedades.

Há muito que o enigmático molusco dos olhos grandes e braços ondulantes lançou o seu feitiço sobre a gastronomia portuguesa e faz as delícias dos paladares mais requintados. Aparte as receitas que o tornam tão apetecido, pouco se sabe do seu modo de vida.  

Numa viagem simbólica ao fundo do mar, recolhemos algumas curiosidades sobre o invertebrado mais evoluído da sua classe, cujo consumo pelos humanos poderá remontar à Idade do Bronze. A produção de energia no organismo, o funcionamento normal do sistema nervoso e a manutenção dos ossos e dentes, são algumas das vantagens do consumo deste alimento. Saiba mais sobre esta espécie.

Os benefícios do polvo

Muito popular nos países do Mediterrâneo, incluindo a Península Ibérica, e do Atlântico oriental, este alimento traz muitas vantagens para o nosso organismo.

Promotor de energia

A vitamina B12 contribui para a produção de energia no organismo, contribuindo também para a redução do cansaço e fadiga.

Bem-estar

O consumo de polvo, pelo conteúdo em vitamina B12, ajuda na manutenção do funcionamento normal do sistema nervoso e da função psicológica

Manutenção dos ossos e dentes

O fósforo presente no polvo tem um papel importante na manutenção dos ossos e dos dentes.

Regeneração dos tecidos musculares

A elevada concentração de aminoácidos presentes no polvo, que entre outras funções têm extrema importância na regeneração dos tecidos musculares,  justificam a procura deste alimento pelos amantes do exercício físico e da saúde.

Controlo de peso

Devido ao baixo teor de gordura, a carne do Polvo é considerada magra, o que faz com que este molusco seja uma opção de fonte proteica interessante para quem procura controlar o peso. Apesar de ser nutricionalmente rico, as pessoas com tendência para a hipertensão e colesterol elevado devem moderar o consumo deste alimento.

Como consumir polvo

Muito presente na gastronomia portuguesa, o polvo é também um alimento versátil.

Comecemos pelos clássicos imperdíveis: polvo à lagareiro, arroz de polvo, polvo cozido e salada de polvo. A estas receitas tradicionais juntam-se formas mais elaboradas de preparar este alimento, que pode ser servido em açordas, hambúrgueres, tapas e pizas, em massadas, caldeiradas, de escabeche e de caril, frito, panado, salteado, grelhado e suado, em espetadas, pataniscas, empadas, filetes, bruschettas e carpaccio. A lista poderia continuar, porque a criatividade a nível culinário não tem limites.

O polvo cozido é talvez a forma mais comum de se confecionar este molusco em Portugal. E para que a cozedura seja perfeita, os galegos, por exemplo, utilizam uma técnica de preparação que dizem ser infalível para confecionar um dos pratos tradicionais da Galiza, o pulpo a la gallega, ou polvo à galega: numa panela com água a ferver, mergulha-se e retira-se o polvo, preso pela cabeça, três vezes na água, até que os braços encolham. Depois, coloca-se o polvo na panela e deixa-se cozer até ficar macio. Quando estiver pronto, retira-se, corta-se às rodelas com uma tesoura e tempera-se com sal grosso, colorau e azeite.

Mas se cozinhá-lo nem sempre é fácil, limpá-lo pode revelar-se uma tarefa minuciosa:
  • Convém separar bem os braços para que não se colem uns aos outros
  • Depois há que retirar-lhe todas as vísceras - virando a parte da cabeça do avesso - bem como os olhos e a boca
  • Por fim passá-lo muito bem por água.
  • Para lhe extrair a pele, é mais fácil se for previamente escaldado por dois ou três minutos em água a ferver.
Como escolher e conservar

Relativamente à escolha do melhor polvo, este deve apresentar um aspeto brilhante e um odor agradável a maresia.

Caso não o consuma no imediato, deverá limpá-lo, retirando-lhe o saco de tinta e as entranhas. Ferva-o e de seguida passe-o em água fria. Embale e coloque-o no congelador.
 
Porque é importante consumir polvo?

Com baixo valor energético e alto teor de proteína, o polvo é um alimento que produz muita energia no nosso organismo, reduzindo a fadiga, bem como um aliado no bem-estar psicológico e na manutenção dos ossos e dentes. É um alimento que deve estar presente na dieta de quem procura uma alimentação saudável, pois ajuda na regeneração dos tecidos musculares. Venha a uma loja Continente escolher o melhor polvo para surpreender quem mais gosta numa deliciosa refeição.