Alimentos Ricos em Proteína

Nutrição

Alimentos ricos em proteína para incluir na sua alimentação

Conheça os diversos alimentos ricos em proteínas que o vão ajudar a ganhar massa muscular. Descubra tudo aqui!
As proteínas são nutrientes responsáveis pelo crescimento e manutenção dos órgãos, tecidos e células do organismo, bem como pelo normal funcionamento do sistema imunitário. Ao contrário do que possa pensar, não servem apenas para aumentar a massa muscular! São compostas por aminoácidos, considerados os “blocos de construção” do organismo e podem ser “essenciais” – os que têm que ser fornecidos pela alimentação – ou “não essenciais” – os que o organismo consegue produzir por si.

Entre outros benefícios e funções, as proteínas são responsáveis por fornecer energia e são essenciais para o sistema imunológico, síntese hormonal e desenvolvimento muscular.
 

Alimentos ricos em proteínas

 

A melhor forma de consumir o valor diário recomendado de proteínas é através da ingestão dos alimentos certos, que tanto podem ser de origem animal (carnes brancas e vermelhas, pescado, ovos e leite) como de origem vegetal (leguminosas, tofu, entre outras fontes).

Aqui ficam algumas sugestões de alimentos ricos em proteína.

Ovos


Os ovos são um alimento com um bom aporte de proteína de alto valor biológico, sendo que as claras acabam por ter mais proteína e a gema mais vitaminas e gordura benéfica para a saúde. Um ovo cozido com cerca de 50g, fornece cerca de 6g de proteína

Para além disso, sabia que o ovo fornece cerca de 18 vitaminas e minerais importantes para o nosso organismo?

Queijo


O queijo, nomeadamente o queijo cottage, cheddar e mozarela, é uma boa fonte de proteína que pode incluir na sua alimentação diária. Além disso, é rico em vitaminas e minerais, incluindo vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo.

Pode combiná-lo com ovos, legumes, fruta, carne, entre outros alimentos igualmente ricos em proteína.

 

Frutos secos

Amêndoas, caju, nozes e avelãs são alguns exemplos dos frutos secos que fornecem proteínas de origem vegetal. Além disso, são ricos em fibras, gorduras insaturadas, minerais e vitaminas fundamentais para o organismo.

Cerca de 29g de amêndoas, por exemplo, fornece 6g de proteína. A mesma quantidade de castanha de caju traduz-se em cerca de 5g de proteína.

Os frutos secos podem ser consumidos ao natural, como snacks, ou misturados em iogurtes, cereais, saladas, batidos, entre outras opções.
 

Carne


Tanto as carnes brancas como as carnes vermelhas oferecem uma boa quantidade de proteína de origem animal, no entanto, o consumo de carnes vermelhas deve ser moderado. Por exemplo, apenas com metade de um peito de frango, cerca de 86g, consegue ingerir de imediato 26,7 gramas de proteína de elevada qualidade biológica.

A isto junta-se ainda o seu elevado teor em vitaminas do complexo B, minerais como zinco e selénio e a sua grande versatilidade, que torna o frango no acompanhamento perfeito para todo o tipo de refeições e um dos alimentos mais cozinhados e apreciados em todo o mundo.
 

Peixe


Todos os peixes são ricos em proteínas de origem animal. Além de serem uma excelente fonte de vitaminas e minerais, alguns peixes são ainda ricos em “gorduras boas”, como o ómega 3, importantes para a saúde humana.

Entre os peixes com um aporte de proteína mais elevado, destacamos o salmão (cerca de 120g de salmão cru = 20g de proteína), o bacalhau( 180g de bacalhau fresco cru = 25g de proteína), o atum (100g de atum fresco cru = 25g de proteína) e a cavala (100g de cavala crua = 20,3g de proteína). Peixes tão populares na gastronomia portuguesa e que podem ser confecionados das mais diversas formas.

Leite


O leite é uma boa fonte de proteína de origem animal de elevado valor nutricional e é rico em vitaminas e minerais muito benéficos para o desenvolvimento humano, tais como cálcio, fósforo, potássio e vitaminas do complexo A, B e D.
 

Leguminosas


Lentilhas, feijão, grão, ervilhas e soja são alguns exemplos de leguminosas que enriquecem qualquer prato com uma boa dose de proteína. Além disso, têm um aporte calórico reduzido e são fonte de vitaminas, fibras e nutrientes essenciais ao organismo.

Experimente combiná-las com legumes, arroz, sementes e vai obter pratos nutricionalmente saborosos e ricos em proteína. 

Iogurtes e pudins proteicos Continente


Aliada a uma alimentação variada e equilibrada e à prática de exercício físico regular, pode complementar os seus pequenos-almoços e lanches com iogurtes ou pudins proteicos, para ajudar a obter os resultados desejados.
Iogurtes Proteicos Continente
A gama +Proteína do Continente é composta por pudins, iogurtes em pouch, iogurtes sólidos e líquidos, com 0% de açúcares adicionados, à execção do iogurte sólido de Stracciatella, baixo teor em matéria gorda e elevado teor em proteína.
Pudins e iogurtes proteicos Continente
Estão disponíveis em vários sabores, nomeadamente banana (vencedor do prémio “Sabor do Ano” 2022), café, baunilha, chocolate, caramelo, stracciatella, morango e mirtilo.