Espargos
Alimentos

Espargo, nutritivo e regenerador

Verde repleto de vida. Assim é o espargo, um vegetal cheio de vitaminas e importantes sais minerais. Descubra porque deve incluir mais espargos na alimentação.
O espargo é um vegetal muito completo a nível nutricional, com sabor intenso e um valor calórico muito baixo. Descubra os benefícios associados ao seu consumo.

Os benefícios do espargo

O espargo é rico em água e fibras e apresenta vitaminas A, B, C, E, K. Destaca-se, em particular, o ácido fólico (B9). Para além das vitaminas, o espargo contém sais minerais essenciais, como é o caso do cálcio, magnésio, manganês, zinco, selénio, potássio e fósforo.

Gravidez

O ácido fólico no espargo participa em inúmeras reações metabólicas, sendo bastante conhecido pelo seu efeito protetor em gestantes, pelo que promove um bom desenvolvimento do feto. A carência desta vitamina acarreta complicações metabólicas desde anemia a distúrbios gastrointestinais.

Energia

A tiamina, presente em quantidades consideráveis nos espargos, contribui para o normal metabolismo de produção de energia.

Equilíbrio e bem-estar

A alimentação rica em tiamina contribui ainda para o normal funcionamento do sistema nervoso e função psicológica adequada. Os espargos, por serem fonte desta vitamina, poderão ser benéficos a este nível.

Órgãos e tecidos

Adicionalmente, os espargos apresentam vantagens para vários órgãos e tecidos.
  • Músculos: atua como um recuperador muscular.
  • Cérebro: previne o declínio cognitivo.
  • Pele: melhora a qualidade da pele.
  • Rins: tem um efeito diurético.
  • Coração: melhora a saúde cardiovascular no seu todo.
  • Estômago: auxilia na digestão.
Segundo a Organização Mundial de Saúde, deve-se promover o consumo de pelo menos 400 gramas de hortofrutícolas (fruta e hortícolas), de modo a prevenir o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, obesidade e alguns tipos de cancro. Uma porção de espargos corresponde em média a 100 gramas.
 
Como consumir espargos

Os espargos podem ser cozinhados das mais variadas formas. Contudo, o destaque vai para técnica de grelhar, ao vapor e refogar, como os mais comuns e mais deliciosos métodos para comer este legume.

No momento da escolha, prefira o espargo que se apresente inteiro e sem sinais de desidratação. Pode conservá-lo, durante três dias, na gaveta inferior do frigorífico, a uma temperatura de 6ºC.

Esta hortícola de baixo valor energético possui 22kcal, em 100 gramas.

O que é que o espargo tem?

O espargo é uma ajuda importante para melhorar a qualidade da alimentação. A enorme riqueza em água e fibras contidas no espargo, entre vários outros benefícios, promovem e prolongam o efeito de saciedade, e por isso esta hortícola é utilizada com muita frequência em dietas para perder peso. Coma espargos com regularidade.