Alimentos

Pepino: fresco e delicioso

O consumo de pepino tem vários benefícios e pode ser feito de inúmeras formas. Saiba como o introduzir na dieta.

Reconhecido pela sua frescura, o pepino é dos alimentos preferidos nos dias de maior calor. Descubra todas as vantagens e modos de consumo.

Os benefícios do pepino

O pepino tem um valor energético reduzido e é rico em fibra. Fresco, delicioso e baixo em calorias, pode ser o snack perfeito a qualquer hora do dia. Experimente cortá-lo em palitos e levá-los consigo para “picar” quando a fome aperta, sendo este também um excelente truque para controlar o apetite.

Por ser rico em água, que constitui 95% do seu peso, consumi-lo é também uma excelente forma de se manter hidratado.

Breve história do pepino

A história do pepino começa há cerca de 10 mil anos, na região nordeste da Índia e do Nepal. Este vegetal pertence à família botânica das Curcubitaceae, onde também se incluem outros vegetais como o melão, a melancia, a curgete e as abóboras. Apesar destas semelhanças, o pepino não encontra no nosso país terreno particularmente fértil, mas isso não o impediu de conquistar fãs.

A planta é herbácea com características de trepadeira, por isso, é normalmente cultivada em altura, por forma a evitar o contacto dos frutos com o solo. As folhas são largas, o fruto de cor verde intenso e o seu tamanho pode variar nos seguintes tipos:

Cornichon

São frutos muito pequenos, normalmente utilizados para conserva (pickles).

American Slicer

Frutos curtos, cilíndricos e com alguns picos, destinados ao consumo em fresco.

Beit Alpha ou minipepino

Frutos curtos, de pele lisa e sem picos, de cor brilhante, destinados ao consumo em fresco.

Holandês

Comprido ou doce, são frutos longos e finos, com rugas longitudinais, de sabor adocicado, destinados ao consumo em fresco.

Francês

Frutos de tamanho intermédio, de cor intensa e sem picos, destinados ao consumo em fresco. Este é o tipo mais consumido em Portugal e que pode encontrar à venda nas lojas Continente.

Como consumir pepino

A forma ideal de consumir o pepino é cru, especialmente nas saladas, com ervas aromáticas ou com tomate, alface e pimento.

Também pode ser cozido juntamente com outras hortaliças, gratinado no forno, recheado, refogado, usado em sopas quentes ou frias ou em molhos, por exemplo.

Para o consumo em vinagre, as variedades de pepino mais pequenas são as mais utilizadas. Além disso, pode ser consumido em sumos Detox, gaspacho e em batidos.

Como escolher e conservar

Na hora de comprar pepino, escolha os frutos firmes ao toque e com a pele lisa, verde e brilhante. Evite comprar pepinos que se apresentem amarelados e com as pontas moles, com manchas ou cortes e sinais de desidratação.

Para conservar, guarde os pepinos na parte inferior do frigorífico durante alguns dias. Depois de abertos, envolva-os em película aderente e consuma-os nos dois dias seguintes.

O que é que o pepino tem?

Rico em água e em fibra, o pepino tem baixo valor energético, sendo um snack perfeito para promover a hidratação nos dias mais quentes de verão e, ainda, reduzir o apetite. Como se trata de um alimento muito versátil, pode fazer parte de um grande leque de receitas.