Alimentos

Cabrito: tenro e saudável

De sabor inigualável, tenro e saudável, o consumo de cabrito tem crescido nos últimos anos. Descubra tudo sobre as vantagens e propriedades deste alimento.

Nobre e saborosa, a carne de cabrito ajusta-se perfeitamente à tendência atual de uma alimentação mais consciente e equilibrada. Conheça os benefícios para a saúde e propriedades do cabrito.

Os benefícios do cabrito

O consumo de cabrito tem vários benefícios para a saúde, principalmente se comparado com outras carnes brancas e vermelhas.

Controlo de peso

A carne de cabrito tem baixo teor calórico, e contém menos gordura do a que a carne de aves, borrego, carneiro e porco. Apesar disso, tem um índice proteico semelhante.

Sistema imunitário

Ótima fonte de proteínas de alta qualidade, esta carne é também rica em zinco e ferro, dois minerais essenciais para o bom funcionamento das células do corpo. Destaque ainda para o selénio, pelo seu papel na prevenção de problemas asmáticos.

Sáude do coração

Além disso, tem apresentado bons resultados na diminuição do risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares pelos seus teores de ácidos gordos ómega 3 e de gordura monoinsaturada.

Tipos de cabrito

O sabor único da carne de cabrito deve-se a uma alimentação à base de leite materno, o modo de produção (são criados ao ar livre) e a tenra idade em que são abatidos (com cerca de 50 dias). Existem cinco raças autóctones - algarvia, bravia, charnequeira, serpentina e serrana.

O consumo mundial de carne de cabrito tem crescido nos últimos anos devido ao seu valor nutricional e sabor inigualável. É utilizada na culinária de países como a Turquia, Grécia, Brasil, Argentina, Nova Zelândia e Austrália, sendo estes dois últimos os que possuem a sua maior produção e consumo. 

Breve história do cabrito

Há muito que o cabrito é apreciado pelos amantes da boa cozinha. A referência mais antiga ao consumo de cabrito no nosso país encontra-se no Livro de Cozinha da Infanta D. Maria.

Apício, gastrónomo romano do século I d.C. referia-se a esta carne em algumas receitas do seu célebre livro de cozinha intitulado De Re Coquinaria. No século XIII, o jurista, poeta e gastrónomo murciano Ibn Razin al-Tugibi, conhecido pela autoria de um receituário da cozinha andaluza, também guardou espaço na sua obra para receitas tendo o cabrito como principal ingrediente.

Entre nós, embora consumido ao longo de todo o ano em maior ou menor quantidade, é na Páscoa que se torna no prato de eleição de grande parte dos portugueses, sobretudo assado no forno. Na génese desta tradição estarão motivos religiosos: o cabrito representa sacrifício e é incorporado nesta data em comemoração da Última Ceia de Cristo durante a qual este alimento terá sido servido.

Como consumir cabrito

De sabor suave, textura macia e muito saborosa e tenra, a carne de cabrito permite uma enorme variedade de métodos de preparação.

Dos assados aos ensopados, passando pelos fritos e grelhados (há quem diga que esta última é a melhor forma de aproveitar todas as suas qualidades), é uma carne cada vez mais apreciada para a confeção de elaborados pratos gourmet.

Em Portugal existe uma forma de cozinhar esta carne que se destaca de todas as outras pela originalidade: trata-se do cabrito estonado. Esta designação deve-se à forma diferente de o preparar para cozinhar, que torna a pele estaladiça, e a carne mais suculenta e saborosa.

O que torna o cabrito tão especial?

Esta carne que é tão especial na nossa tradição, traz-nos alguns benefícios tais como o bom funcionamento das células do corpo, a prevenção de problemas asmáticos e a diminuição do risco de doenças cardiovasculares. Encontre a melhor oferta de cabrito numa loja perto de si ou em Continente Online.