características vinhos velhos
Tipos de vinho

Vinhos velhos: maturidade, experiência e excelência

Comer, beber e lazer

Enófilo e autor do blog "Comer, beber e lazer"

Saiba por que razão os vinhos velhos são cada vez mais procurados.

Comer, beber e lazer

Enófilo e autor do blog "Comer, beber e lazer"

O passar dos anos representa maturidade, experiência e, ao mesmo tempo, é visto como um certo charme.

Na verdade, cada vez mais o peso da idade deixa de ser encarado como algo negativo. Mas sim como uma oportunidade para aproveitar da melhor forma e até com a elegância e, novamente, o charme que só o passar dos anos nos dá.

Os vinhos velhos significam maior qualidade e, acima de tudo, maior prazer no momento de beber.



Assim como na nossa vida, podemos aplicar esta mesma visão quando se fala em vinhos velhos. Isto não abrange apenas os vinhos do Porto ou outros fortificados. Os brancos e tintos entram cada vez mais nesta equação e exercem sobre o enófilo mais desprevenido um encanto, atração ou mesmo sedução que é impossível ignorar.
 
Porquê escolher vinhos velhos?

Estas são algumas das razões que fazem crescer cada vez mais a legião de fãs e apreciadores de vinhos velhos. Confira:


Uma melhor experiência sensorial

Embora fugindo, claramente, da ideia que quanto mais anos o vinho tiver melhor, é possível afirmar que certos vinhos melhoram consideravelmente a nossa experiência sensorial quando têm alguns anos de repouso em garrafa.


Mais qualidade, mais sabor

A atração aumentou não apenas pelo ano impresso no rótulo da garrafa, devido a uma qualquer data especial ou com significado. Passou a significar maior qualidade e, acima de tudo, maior prazer no momento de o beber.


As mudanças nos hábitos dos apreciadores

Em Portugal, esta atração tem cada vez mais expressão junto do consumidor de vinhos velhos, havendo uma procura elevada quer em leilões, quer em garrafeiras já especializadas neste tipo de vinho.

Embora a cotação ainda seja um pouco em virtude de quem procura, observa-se uma mudança na forma como se vêm os vinhos velhos e que foram, de alguma forma, esquecidos pelo tempo.


E na oferta dos produtores

A procura por vinhos velhos tem tido já reflexo na forma como os produtores se orientam para o mercado.

Isto reflete-se no facto de que, atualmente, existam cada vez mais relançamentos de colheitas passadas de vinhos velhos - outrora apenas para eventos históricos e com preços especiais devido ao valor que se dá a essa espera.
Uma experiência recomendada a todos os adeptos de vinho.
 
Vinhos velhos: sabores e sensações intemporais

Alguns vinhos melhoram consideravelmente a nossa experiência sensorial quando têm alguns anos de repouso em garrafa.

Além da experiência que proporcionam a qualquer apreciador, os vinhos velhos marcam a diferença pela sua qualidade, aromas singulares e pelo prazer que proporcionam.

No Continente tem ao seu dispor uma gama diversa de vinhos velhos, com aromas inesquecíveis e a preços atrativos.
Visite as nossas lojas ou o Continente Online para conhecer os produtos que oferecemos.