Nutrição

Especiarias: toque único e delicioso

As especiarias atribuem aroma e sabor aos cozinhados. Conheça a breve história e todas as características associadas a estes ingredientes indispensáveis na cozinha.

As especiarias contribuem para o caráter de qualquer prato, atribuindo-lhe sabores únicos. Descubra porque as deve incluir nos cozinhados.

Os benefícios das especiarias

A palavra especiaria vem do latim species, que significa plantas especiais, consideradas assim pelo seu poder aromático ou curativo.

Para além de aromatizarem e atribuírem um sabor especial aos pratos, as especiarias também apresentam propriedades muito positivas para a saúde: são ricas em compostos como flavonoides que possuem efeitos antioxidantes, anti-inflamatórios e antivirais para o organismo.

Mas cada especiaria tem as suas próprias características e aporta diferentes benefícios para a saúde.

Tipos de especiarias

Descubra as especiarias uma lista de especiarias ideais para os seus pratos no dia-a-dia.

Açafrão

Feito a partir de uma flor, o açafrão é a especiaria mais cara do mundo, com origem na Índia. O açafrão em fios é mais raro, mas é muito melhor do que o moído. Muito apreciado pela sua cor e tempero, usa-se na preparação de pratos como a típica paella espanhola, a francesa bouillabaisse, o risoto italiano alla milanese e vários pratos árabes de arroz. Tem propriedades antiespasmódicas e sedativas.

Anis-Estrelado

Planta nativa da China e do Japão, possui um sabor adocicado, mas algo picante. É muito comum na confeção de pratos chineses clássicos, nomeadamente, para condimentar carne de porco e pato. É também muito usado em doces, geleias, sobremesa e sobretudo com fruta em calda. Ajuda a nível dos distúrbios digestivos e no combate à tosse.

Canela

É talvez uma das mais antigas especiarias, tem uma ação vasodilatadora, estimulante hepática e digestiva. Utiliza-se na confeção de doces, bolos, compotas, sumos de fruta, vinho quente, chá e mel, bem como no arroz-doce.

Cardamomo

O cardamomo pertence à mesma família do gengibre, tendo um sabor e aroma semelhantes. É usado em pratos indianos, tanto salgados como doces. Tem propriedades relaxantes, alivia dores causadas pela gastrite e ajuda a manter a saúde dos dentes e gengivas.

Cominhos

Com origem mediterrânica, esta é uma planta muito antiga, que foi utilizada por várias civilizações. Hoje, é muito popular na culinária da Índia, México e Médio Oriente. Os cominhos são bons para a memória, para a digestão e para a pele.

Cravinho

Também conhecido como cravo-da-índia, é ligeiramente picante e adocicado. Confere um aroma apimentado a pratos de carne e peixe, bem como a caça e alimentos fumados. Tem propriedades antisséticas, sendo bastante usado em odontologia e ajuda também na prevenção de micoses.

Noz-moscada

Indispensável no puré de batata, a noz-moscada pode ser utilizada para temperar sopas, legumes, molhos, pratos de carne e peixe e ainda em sobremesas. Ajuda à digestão, é um estimulante cerebral e alivia as dores nas articulações e nos músculos.

Pimenta preta

Originária das florestas equatoriais da Índia, a pimenta preta tem uma utilização variada, em molhos, sopas, marinadas, em carnes, peixes. É um bom auxiliar da digestão, alivia a tosse e ajuda a baixar a febre.

Pimentão-doce

Tradicionalmente utilizado em carnes de cabrito e porco assadas, grelhadas ou fritas, vitela assada e molho de escabeche, esta especiaria combate o envelhecimento precoce e ajuda a manter os ossos saudáveis.

Pimenta rosa

Uma especiaria nativa do Brasil, funciona como ingrediente em grelhados de carne, pratos com queijos e sobremesas com chocolate preto e branco. A pimenta rosa é anti-inflamatória e atua na depuração e purificação do organismo.

Como consumir especiarias

As especiarias perdem rapidamente aroma, pelo que convém comprar pequenas quantidades e guardá-las em recipientes herméticos. Deve guardar as especiarias num local seco, arejado e longe da luz natural.

Dê preferência a especiarias em grão e não em pó, de modo a poder moê-las na altura da sua utilização.

Antes de usar uma especiaria, cheire-a: se estiver com aroma apagado, significa que está velha e é melhor descartá-la do que tentar usá-la.

O que é que as especiarias têm?

As especiarias são um excelente ingrediente a introduzir na dieta alimentar. As suas propriedades fisiológicas vão desde o fortalecimento do sistema imunitário até ao estímulo da digestão e tratamento intestinal. E são um tempero delicioso. Encontre uma vasta oferta no Continente.