Vinagres De Vinho
Tipos de vinho

Vinagre de Vinho: tempero de sonho

O vinagre de vinho faz brilhar qualquer tempero. Descubra todas as propriedades e benefícios para a saúde.
Seja qual for o prato, o vinagre de vinho adiciona uma paleta de cores e sabores autênticos. Descubra como o consumir, as vantagens para a saúde e a sua origem.

Benefícios do vinagre de vinho

Estas são as principais vantagens para a saúde do consumo regular de vinagre de vinho.

Emagrecimento

Graças ao ácido acético presente no vinagre de vinho tinto, este néctar auxilia na queima e redução de gordura corporal, agindo também na sensação de saciedade. Além disso, o seu consumo diário auxilia na redução de glicose no sangue, pois diminui o índice glicémico dos alimentos.

Anti-envelhecimento

Por conter poderosos antioxidantes, também é promotor da saúde da pele, combatendo infeções bacterianas. Contém propriedades que aceleram a renovação das células da pele, agindo contra o envelhecimento.

Redução do sal

Com o vinagre branco é possível reduzir na quantidade de sal usada para dar sabor aos alimentos, uma vez que tem um sabor muito próprio. Além disso, torna-se um excelente aliado na higienização de frutas e legumes.

Produção do vinagre de vinho

O vinagre de vinho é feito a partir de produtos alcoólicos como a cerveja, a cidra ou o vinho. É também graças à fermentação que se obtém este líquido mágico que, em pequenas garrafas, serve de tempero a qualquer prato.

O vinagre de vinho apresenta as seguintes características:
  • Acidez total: expressa em gramas de ácido acético: mínimo de 6 g/100 ml; 
  • Álcool residual: em volume, a 20º C: máximo 1,5%;
  • Aspeto: límpido, podendo admitir-se ligeiro depósito ou turvação;
  • Cor, aroma e sabor: próprios da natureza da matéria-prima e dos ingredientes facultativos indicados no rótulo.
Para além dos vinagres de vinho mais tradicionais, há agora vinagre rosé, a piscar o olho às sobremesas e aos palatos mais curiosos e, quem sabe num futuro próximo, talvez possa haver um vinagre de vinho do Porto que ostente o seu nome.

Como consumir vinagre de vinho

A tradição sugere vinho tinto para os vinagretes, branco para o bacalhau cozido e de espumante para a maionese. Mas cada vinho encerra em si a promessa de um vinagre com uma paleta de cores e sabores únicos.

Se temperar lhe está na alma, aproveite as qualidades de conservação e preservação dos alimentos, essenciais aos pickles, ao ketchup ou ao condimento de mostarda. Tal também acontece com as curas breves de peixe, para serem consumidos rapidamente, ou com os legumes preparados num banho com acidez, para levar o melhor do Verão até às estações mais frias.

O que é que o vinagre de vinho tem?

Um bom vinagre é como um bom vinho. Na verdade, o melhor dos vinagres foi ou podia ter sido um belo vinho. Este processo, que as bactérias iniciam, e que dura mais ou menos tempo consoante o resultado pretendido, termina com um vinagre que faz brilhar qualquer prato.