Curiosidades sobre o seu animal

Qual é o tempo de gestação dos cães?

Descubra qual o tempo de gestação dos cães e quais os cuidados a ter. Fique a par do que precisa de saber para acompanhar o parto da sua cadela.
A gravidez não deverá ser motivo de preocupação, mas são necessários alguns cuidados durante este período e estar devidamente informado, para que tudo corra sem sobressaltos.

Como escolher o momento

As cadelas podem engravidar quando ficam com o cio, o que acontece aproximadamente a cada oito meses. Este período fértil dura até três semanas.

Existem testes que permitem detetar a data exata para efetuar o cruzamento, obtendo assim maiores probabilidades de ficar gestante.

Antes de efetuar o cruzamento deverá consultar o seu médico veterinário, para que seja descartada qualquer patologia que possa impedir ou constituir um risco para a gestação.

Como confirmar a gravidez

Pode não se aperceber de diferenças físicas evidentes no corpo, até quase ao final da gravidez da cadela, mas existem alguns sinais a que pode ficar atento:
  • Ligeira perda de muco, que pode ocorrer cerca de um mês após o acasalamento;
  • A cadela pode vomitar nas fases iniciais da gravidez;
  • As maminhas podem ficar mais proeminentes, em cor e tamanho;
  • A partir dos 35 dias da gravidez da cadela, esta vai aumentar o seu peso de forma gradual, até ter mais 50% do seu peso inicial;
  • A barriga vai ficar mais inchada a partir do 40º dia;
  • O apetite pode aumentar na segunda metade da gravidez.
O diagnóstico pode ser feito com pouco mais de 15 dias, através de uma ecografia, o que permite desde logo detetar os batimentos cardíacos dos pequenos cachorros. O tempo de gestação dos cães varia entre 59 e 63 dias, em média. 

Cuidados a ter

Existem alguns cuidados a ter durante o período de gestação.

Desparasitação


Antes do momento do parto, a cadela deve ter uma desparasitação regular e controlo de pulgas, enquanto estiver gestante.

Exercício 

Uma cadela em boa condição física tem menos problemas no parto, pelo que deve manter algum exercício regular durante toda a gestação. A maioria dos problemas do parto ocorrem em cadelas obesas.

Alimentação

A alimentação deve ser aumentada, de forma gradual, a partir das 6 semanas de gestação, mas o veterinário deve acompanhar este processo, uma vez que o aumento da dose de ração pode também implicar um aumento na frequência da mesma.

Acompanhamento

Durante a gravidez da cadela podem ocorrer corrimentos vaginais, sendo normal e ocasional o corrimento mucoso transparente. Se este contiver pus ou sangue, deve contactar o seu veterinário de imediato.

Quais são os exames a realizar?

É importante que aos 52 ou 53 dias de gestação se efetue uma radiografia que permita contar com bastante precisão o número de cachorros a esperar. Para além disso, esse exame vai permitir perceber quando terminou o trabalho de parto.

Aconselha-se, finalmente, que 24 horas após o parto, as cadelas sejam vistas por um médico veterinário para descartar totalmente a hipótese de ter ficado algum cachorro, o que deixaria a mãe em risco.

Sinais de que o parto está a chegar

A primeira fase do parto dura cerca de 2 a 12 horas, sendo que aqui a cadela pode mostrar os seguintes sinais
  • Vontade de fazer ninho;
  • Nervosismo;
  • Perda de apetite;
  • Começar a arfar;
  • Tremer;
  • Vomitar.
Quando a cadela começar a ter contrações mais fortes a expelir fluidos aquosos é porque entrou na segunda fase do parto. Com a entrada dos cachorros no canal do parto, existe uma estimulação ainda mais forte das contrações.

Os cachorros saem envolvidos por uma membrana fina esbranquiçada, que a mãe rasga com os dentes. Se esta não for rasgada, os cachorros podem morrer sufocados. O período médio de tempo entre o nascimento de cachorro é de 30 a 60 minutos, embora a cadela possa fazer algumas pausas sem contrações, que podem chegar a ser de 4 horas.

A terceira fase do parto é aquela em que as placentas são eliminadas e a cadela muitas vezes come-as.

Perto do final do tempo de gestação dos cães, tenha o cuidado de isolar a cadela dos restantes cães da família, durante as três semanas antes e as três semanas a seguir ao parto. Reserve-lhe uma área segura, sem correntes de ar e idealmente com temperatura ambiente constante.

Uma cadela é capaz de lidar com a gravidez e trabalho de parto sozinha, mas é importante estar disponível, de prevenção e falar calmamente com ela, de forma a facilitar todo o processo.