Férias Ecológicas

Sustentabilidade

Dicas para Ter umas Férias Ecológicas

Com o número de turistas a aumentar, conheça dicas para ter umas férias mais ecológicas sem prejudicar o planeta!
O nosso mundo nunca foi tão pequeno, com a facilidade de nos descolarmos de um lado para o outro e cada vez mais rapidamente.

Mas com o número de turistas a ser cada vez maior, haverá ainda forma de desfrutarmos do planeta sem que o prejudiquemos no processo? Podemos tentar. Siga as dicas.


Conheça melhor, viaje menos quilómetros

Em vez de saltar de uma cidade para a próxima usando automóveis, aviões e barcos de cruzeiro, procure conhecer melhor o seu primeiro destino.

Irá muitas vezes descobrir os melhores restaurantes, as praias escondidas e as mais bonitas paisagens se ficar junto dos habitantes locais.


Escolha destinos sustentáveis

Todos os anos, a Green Destinations realiza um concurso para eleger os 100 Melhores Destinos Sustentáveis do mundo.

Da lista fazem parte:
  • A Nazaré, que mostra como a sua grande atração turística pode ser completamente sustentável;

  • A ilha de Pärnu, na Estónia, pela criação de um centro que preserva as tradições culturais

  • E a ilha de Sado, no Japão, pelo projeto que torna possível a coexistência entre turistas, locais e os toki (aves também conhecidas mais como íbis-de-crista).
Desfrute da vida selvagem a uma distância segura

Todos gostamos de observar a vida selvagem e apesar de ser tentador participarmos em algumas atividades que nos põem em contacto com esse mundo, essas mesmas atividades podem conduzir a práticas não éticas.

Atenção aos souvenirs

Por falar em animais, nunca compre recordações feitas a partir de espécies protegidas ou em perigo.

Além de encorajar o comércio de caça a espécies em risco, artigos como marfim, coral ou peles de animais podem ser ilegais.


Faça uma finta ao buffet

As férias com tudo incluído, ou seja, pensão completa, nunca foram mais populares. Mas as mesas a “rebentar” de comida para refeições que se arrastam pelo dia fora e uma cozinha com múltipla escolha cria desperdícios alimentares.

Prefira refeições à la carte e usufrua daquilo que é local e tradicional. Escolha pequenos e acolhedores restaurantes, cafés e esplanadas de bairro.

O mesmo se aplica ao comércio: opte por comprar recordações dos artesãos locais e conhecer a história por trás das pessoas e lugares que visita.

E se pensa viajar para lugares onde não se pode confiar na água para beber, vai ter de comprar garras de uso único? Não necessariamente.

Peça nos hotéis e restaurantes água filtrada para encher a sua própria garrafa ou leve uma de casa com um filtro incluído.


Tão verde fora como em casa

Desligue as luzes desnecessárias do local onde está hospedado. Se possível, faça o mesmo com o ar condicionado, desligando-o sempre que deixa o espaço.

Não gaste água desnecessariamente e recicle de acordo com as regras locais.


Bilhetes sem papel

Hoje em dia alguém precisa realmente de bilhetes impressos em papel?

Peça e-tickets sempre que possível, que lhe serão enviados para o seu smartphone para serem lidos depois no aeroporto (ou outro local de embarque, dependendo do transporte que vai usar).
Ao contrário do seu bronzeado, os efeitos de umas férias ecofriendly podem durar muito tempo depois de ter voltado para casa.

Após desembrulhar as suas incríveis recordações dos locais por onde passou, dê o exemplo e partilhe as suas histórias de viagens sustentáveis: mostre o impacto significativo que você, as pessoas e lugares que visitou tiverem uns nos outros.

E para as próximas férias, escolha de novo um destino fantástico e verde.