O Que Levar Para a Maternidade

Etapas da Gravidez

O Que Levar Para a Maternidade

Ainda não fez a sua mala para a maternidade? Descubra a lista dos essenciais a levar para a maternidade para a mãe e bebé!

Com o avançar da gravidez, preparar tudo o que levar na mala de maternidade é uma tarefa que pode causar alguma ansiedade, especialmente para as mães. Por isso, esta preparação deve ser feita com alguma antecedência para garantir que tem tudo o que precisa de levar no dia do parto.

Especialmente para as mães de primeira viagem, a preparação da mala de maternidade poder causar dúvidas, stress e ansiedade. Para a ajudar, criámos uma lista de maternidade onde encontra tudo o que precisa de levar para si, para o bebé e também para quem a vai acompanhar.

Mala maternidade: o que levar

 
A mala de maternidade deve incluir vários itens essenciais ao bem-estar da mãe, do bebé e do acompanhante da grávida.

Uma das coisas muito importantes para as mães levarem são camisas de dormir, que devem ser abertas à frente para facilitar a amamentação e uns chinelos de quarto.

Alguns hospitais já disponibilizam aos pais uma lista do que será efetivamente necessário levar. No entanto, esta lista pode variar dependendo da unidade hospitalar onde nascer o bebé.

Já para os bebés, deve levar algumas roupas mais quentinhas. Afinal, não nos podemos esquecer de que passaram os últimos nove meses num ambiente de 37 graus.

Lista de maternidade


Ter uma lista de maternidade irá ajudar os pais e cuidadores a melhor prepararem tudo o que é realmente necessário levar no dia do parto. Assim, aqui ficam as listas do que deve mesmo levar.

Essenciais para a mãe:


No momento de preparar a mala de maternidade, estes são os essenciais para a mãe que não podem mesmo faltar:
  • Boletim da grávida;
  • Exames mais recentes;
  • Documentos pessoais;
  • Bolsa de higiene pessoal com os produtos que costuma usar – champô, desodorizante, escova e pasta de dentes, uma escova para o cabelo;
  • 2 ou 3 camisas de dormir com abertura para a amamentação;
  • 1 robe;
  • Meias;
  • 12 pares de cuecas descartáveis;
  • Pensos higiénicos grandes;
  • 2 ou 3 soutiens de amamentação;
  • Discos absorventes;
  • Pomada protetora para os mamilos;
  • 1 par de chinelos confortáveis;
  • 1 par de chinelos para o banho;
  • 1 conjunto de toalhas;
  • Lenços de papel;
  • 1 garrafa de água;
  • 1 pacote de bolachas;
  • Saco para a roupa suja;
  • Relógio;
  • Máquina fotográfica ou de filmar e carregador;
  • Muda de roupa confortável para a saída;
  • Medicação habitual que deva manter no pós-parto.
 

Essenciais para o bebé


Para o bebé, não podem faltar os bodies, babygrows e até algumas peças de roupa quentinhas. Siga esta lista:
  • 2 a 5 bodies;
  • 2 pares de meias ou botinhas;
  • 2 a 5 babygrows;
  • 2 casaquinhos;
  • 2 gorros, um para o dia do nascimento e outro para o dia da alta;
  • 2 a 4 babetes;
  • 2 a 4 fraldas de pano;
  • Fraldas descartáveis;
  • Toalha de banho;
  • Produtos de higiene;
  • Saco para a roupa suja;
  • 2 chupetas (opcional);
  • Manta;
  • Cadeira homologada (ovo) para transporte de recém-nascidos para a saída.

Apesar de, numa situação normal, o tempo de permanência na maternidade variar entre os dois e os três dias – dependendo se o parto foi vaginal ou por cesariana – é importante ter mudas de roupa a mais para o seu bebé, que pode sujar-se ao alimentar-se, ou mesmo quando faz as suas necessidades.

A roupa do bebé deve ser previamente lavada com produtos adequados, passada a ferro e as etiquetas das peças devem ser retiradas.


Além disso, todos os conjuntos do bebé devem estar divididos por dias (a primeira roupa, roupa para a saída, etc.) e identificados com o nome do bebé.

Essenciais para o pai/acompanhante da grávida


Todas as grávidas têm o direito de levar consigo um acompanhante no momento do parto. Esta pessoa poderá ser o pai, ou qualquer outra pessoa, desde que autorizada pela grávida. E também essa pessoa tem uma lista de essenciais para levar para a maternidade:
  • 1 pijama;
  • Bolsa de higiene pessoal com os produtos que costuma usar – champô, desodorizante, escova e pasta de dentes, uma escova para o cabelo;
  • 1 par de chinelos confortáveis;
  • 1 par de chinelos para o banho;
  • Snacks;
  • Máquina fotográfica (facultativo);
  • Telemóvel.
 
Por fim, não se esqueça de adequar a sua roupa e a do bebé à estação do ano e opte por peças fáceis de vestir. Mais: quando organizar a mala de maternidade, coloque no topo tudo o que vai precisar para si e para o bebé assim que entrar e sair da sala de parto.

Pode encontrar todos os artigos da nossa lista para a maternidade no Continente Online. Relaxe e não se esqueça de pedir ao pai para tirar muitas fotos ao bebé para mais tarde recordar e, quiçá, decorar o quarto lá em casa.

Quando preparar a mala de maternidade

A mala para levar para a maternidade deve estar pronta entre as 35 e as 36 semanas de gestação. Isto porque a partir desta altura do terceiro trimestre o bebé pode nascer a qualquer momento e é importante que todos os itens necessários para o parto pós-parto estejam reunidos e prontos a usar.

Todas as gravidezes são diferentes e imprevisíveis, por isso, quanto mais cedo preparar a mala de maternidade mais tranquila ficará quando chegar o dia do parto.

Que documentos levar para a maternidade

 

É muito importante que não deixe nenhum item essencial em casa e alguns documentos deverá ter mesmo sempre consigo. São eles:
  • Cartão de cidadão ou outro documento de identificação (passaporte);
  • Boletim de saúde da grávida;
  • Análises e exames realizados no terceiro trimestre.

O documento de identificação servirá para questões meramente burocráticas. Já o boletim da grávida, as análises e os exames mais recentes ajudarão a equipa hospitalar a melhor preparar o momento do parto, podendo analisar melhor as condições clínicas da grávida.

Agora que está a par de tudo o que precisa de levar para a maternidade, prepare a sua mala com tempo e aguarde com a maior tranquilidade possível o momento mais esperado: a chegada do bebé.