Gatos Crescimento Bacteriano
Comportamento

Porque é que o meu gato tem falta de apetite?

Um gato sem apetite não é bom sinal. Antes de pensar em qualquer estimulante de apetite para gatos, conheça as principais razões que originam este problema.
Um gato sem apetite pode ser um sinal de alarme para os seus donos. Ou apenas mais uma característica de uma personalidade caprichosa e exigente dos gatos.

Em qualquer dos cenários, é importante saber identificar a origem desta falta de apetite e controlá-la no menor período de tempo possível.

3 perguntas para saber o que causa a falta de apetite

Antes de fazer o que quer que seja, procure responder a 3 perguntas:

1. Está a dar demasiada comida ao gato?

Para resolver esta primeira questão, deve orientar-se pelas instruções da embalagem da ração para o tamanho do seu gato. Ou, se for o caso, orientar-se pelas instruções do seu veterinário. Muitos donos que deixam o gato sozinho em casa quando vão trabalhar têm medo que ele passe fome e acabam por encher em demasia a taça de comida do seu pet.

2. Trocou a ração recentemente?

A falta de apetite no gato pode ser uma questão de gosto do animal. Se trocou a ração, e ele não come a mais recente, saiba que não é falta de apetite. É o gato a dizer-lhe que não gosta da nova ração.

3. Há quanto tempo dura a falta de apetite?

O terceiro ponto é o mais importante e o que realmente pode revelar se o gato tem algum problema sério que levou à falta de apetite.
  • Se esta falta de apetite dura só há um dia ou dois, é porque poderá ter comido qualquer coisa na rua ou algo que lhe fez temporariamente mal.
  • Após este período ou se a falta de apetite é acompanhada por outros sintomas como vómitos ou diarreia, deve levá-lo o mais rápido possível ao veterinário.
Estas três primeiras questões são importantes para evitar qualquer ida desnecessária ao veterinário.

Possíveis causas para a falta de apetite

Da acumulação de tártaro a uma patologia gastrointestinal, podem ser muitas e variadas as causas para a falta de apetite. Estas são as mais comuns.

Problemas dentários 

Tal como os humanos, os gatos também podem desenvolver problemas dentários, com a formação de tártaro a ser um dos mais comuns.


O tártaro surge quando a placa bacteriana nos dentes do gato não é removida, levando à mineralização por cálcio. Poderá verificar a existência de tártaro no seu gato se ele tiver um depósito duro e castanho nas superfícies dos dentes.

Quando isto acontece, as suas gengivas podem inflamar, causando desconforto no gato e a consequente perda de apetite.

A falta de apetite em gatos também pode ser causada por algum dente partido, ferida na boca ou até em casos mais graves por tumores orais. Em gatos de idade mais avançada pode ainda ocorrer a acumulação de bactérias junto às raízes dos dentes, levando à origem de abcessos e à falta de apetite.


Alterações gastrointestinais

Um gato sem apetite pode ter alguma patologia gastrointestinal. Quando tal acontece, a falta de apetite pode ser acompanhada por outros sintomas como vómitos ou diarreia.

Entre as causas mais comuns destes problemas gastrointestinais em gatos podem estar os parasitas ou até uma gastroenterite. O melhor a fazer nestas situações é levar o seu gato ao veterinário.

Problemas renais

Em gatos mais velhinhos, a falta de apetite pode ser causada por uma doença renal. Para o dono, será difícil distinguir entre este problema nos rins e uma alteração gastrointestinal, uma vez que os sintomas podem ser os mesmos. Consulte um veterinário se suspeitar deste problema.


Estimulante de apetite para gatos: sim ou não?

A resposta é muito simples: consulte o seu veterinário. O mais importante é verificar a origem da falta de apetite no gatinho e só depois partir para o devido tratamento e acompanhamento médico.