higiene bucal de cães e gatos
Saúde e Higiene

Como cuidar a higiene bucal de cães e gatos

De que cuidados de higiene bucal precisam cães e gatos? Tudo o que precisa de saber para cuidar do seu animal de estimação.

A higiene bucal permite que os animais vivam de forma saudável, durante muitos anos. Uma rotina cuidada pode também ajudar a prevenir e detetar doenças graves.  Descubra como o fazer com algumas recomendações simples. Mas o que significa exatamente uma boca saudável?

O que significa a higiene bucal em cães e gatos

Antes de aprender a cuidar da higiene bucal do seu cão ou gato, é primeiro entender como é uma boca saudável. Como os humanos, estes animais possuem dois tipos de dentição: os dentes de leite e dentes permanentes.

Por volta do terceiro ao sexto mês de vida, tanto cães como gatos passam pela troca da dentição e durante esse período podem exibir alguns comportamentos diferentes tornando-se muito seletivos para certos alimentos. Esta condição pode favorecer o acumular de restos alimentares e, em consequência, levar ao aparecimento de placa bacteriana e tártaro.

Uma boca saudável deve estar limpa e livre de placa bacteriana e tártaro (sem descolorações duras, escamosas ou pegajosas). Da mesma forma, os dentes do seu cão e gato devem estar intactos e não denteados ou quebrados.

Garantir uma boca saudável tem várias vantanges.

 
As vantagens de cuidar a higiene bucal

Quando o seu cão ou gato tem dentes e gengivas saudáveis, ele tira o máximo partido da sua ração, mastigando cada croquete delicioso. Mas se tem dores de dentes, rapidamente começará a evitar as refeições e o seu metabolismo irá sofrer.

Um cuidado dentário deficitário pode afetar a boca do seu animal. As bactérias geradas pela doença dentária podem entrar na corrente sanguínea do seu cão, podendo afetar o seu coração, fígado e rins. Descubra como cuidar a higiene bucal do seu animal com estas dicas. O objetivo destes cuidados é remover, com a maior frequência possível, a placa dentária da superfície do dente, limitando assim, a sua mineralização em tártaro.


Quais os cuidados de higiene bucal a ter

Estes são os cuidados mais importantes a ter para garantir a higiene bucal do seu cão e gato.

Escovagem dos dentes

Este é o método mais eficaz para prevenir o aparecimento de tártaro. Para além de ser um método difícil de executar, só é eficaz se escovar os dentes quase diariamente e utilizar uma pasta própria para a espécie.

Destartarização

Quando não é possível a aplicação dos métodos anteriores e na presença de tártaro, a destartarização é o único método capaz de remover o tártaro. Esta intervenção é um procedimento médico que é realizada sob tranquilização, para evitar qualquer sensação dolorosa e stress associados à utilização da máquina de ultra-sons. Todos os dentes são destartarizados e polidos, um a um, tanto na face interna como na face externa.

Escolha a pasta de dentes certa

Não use pasta de dente humana normal para o seu cão ou gato. A maioria das pastas de dente humanas contém flúor, que é extremamente venenoso para os cães. Escolha pastas de dente formuladas para animais.

Também pode optar por oferecer antisséptico bucal para cães, que pode adicionar a tigelas de água para ajudar a matar bactérias e reduzir a placa bacteriana. Quando usado corretamente e diluído na água do seu animal de estimação, o elixir bucal é seguro, em moderação.

Escolha uma alimentação adequada

A alimentação à base de ração seca ajuda na prevenção. A forma, a textura e a composição do croquete aumentam o efeito de escovagem. No cão, a barra dentária oferecida diariamente, completa a eficácia da escovagem, devido ao efeito de mastigação prolongada.

Acompanhe a higiene bucal com regularidade

Deve dar uma vista de olhos dentro da boca do animal a cada semana. Se notar algum destes sinais de problemas dentários, leve o animal ao veterinário: mau hálito, mudança nos hábitos alimentares ou de mastigação, excesso de baba, dentes desalinhados, descoloridos, quebrados, ausentes ou tortos ou até saliências ou protuberâncias dentro da boca.

Seguro dentário para os animais

Se o animal tiver um seguro de saúde e desenvolver uma doença dentária, pode ser reembolsado pelo tratamento da maioria destes problemas.

 

Os problemas dentais são a condição de saúde mais diagnosticada em animais como cães e gatos com mais de três anos. A higiene bucal é uma prioridade para os tutores que se preocupam com a saúde e bem-estar dos seus companheiros.