Cane Corso
Raças de Cão

Cane Corso: lealdade, obediência e imponência

Descendente dos cães de batalha do Império Romano, o Cane Corso é uma raça imponente, que se destaca pela sua lealdade. Descubra tudo sobre estes animais, qual a sua origem e quais as principais características.
O tamanho impõe respeito. A cor da pelagem encanta. E a inteligência impressiona. O Cane Corso é uma raça de cães de porte grande à qual ninguém fica indiferente.

Como qualquer raça deste tamanho, é importante que o dono tenha experiência e que desde cachorrinho promova uma socialização ativa do Cane Corso. Assim, nunca deverá ter problemas, uma vez que este é um cão dócil, leal e obediente.

Origem

O Cane Corso é uma raça de cães italiana. Crê-se que é descendente direto do canix pugnax, o cão de combate do Império Romano.

O seu nome, que deriva do termo latino “Cohors”, significa “Protetor” e “Guardião”. No sul de Itália, esta raça ajudava na agricultura e pecuária, as atividades dominantes. Adicionalmente, o Cane Corso realizava as suas atividades naturais de cão de guarda.

No entanto, e à semelhança de muitas outras raças de grande porte, o Cane Corso esteve à beira da extinção no século XX, quando deixou de ser tão utilizado no campo. Hoje em dia, e graças ao esforço de um grupo de criadores, a raça prevalece.

Tamanho

O Cane Corso é um cão de porte grande e imponente. Tem uma altura aproximada de 60 a 68 centímetros. Se se tratar de um macho, um Cane Corso pode pesar até 50 quilos. Se for uma fêmea, pode pesar até 45 quilos.

Pelagem

O pelo do Cane Corso é muito curto e cerrado, motivo pelo qual larga muito pouco pelo. Por isso, a sua escovagem só precisa de ser realizada para remover o pelo solto.

A cor assume tons característicos: podem ser negros, cinzentos (chumbo ou ardósia), fulvos (claro, vermelho veado, escuro) e raiados (riscas em fulvo ou cinzento). O Cane Corso pode ainda apresentar uma pequena mancha branca no peito, nas pontas das patas e no nariz.

Personalidade

O Cane Corso é um cão com lealdade e obediência à prova de tudo. É um cão muito inteligente e que pode e deve ser submetido a treino para revelar todo o seu potencial.

Apesar do aspeto imponente e da função que ocupa naturalmente como cão de guarda, este é um animal muito dócil e afetuoso com a família. Aconselha-se apenas a que desde pequenino o habitue a uma socialização ativa.

Apesar do aspeto imponente, o Cane Corso é muito dócil e afetuoso com a família.



O Cane Corso pode viver num apartamento, quer pela sua personalidade, quer pelo facto de ser um cão silencioso. No entanto, nestas situações, o dono deve garantir que o seu patudo tenha a quantidade de exercício físico diário que precisa.

Naturalmente, o Cane Corso também se dá bem à vida no exterior, onde pode juntar a função de cão de companhia à de guarda.

Problemas de saúde

À semelhança de outras raças de cães de porte grande, o Cane Corso pode sofrer de problemas articulares e dos ossos, com a displasia da anca a ser um dos mais comuns. Adicionalmente, este animal é afetado por problemas oculares, como a displasia multifocal da retina.

No entanto, o Cane Corso é um cão bastante saudável. Tem uma esperança média de vida de 12 anos.

Pela dimensão do seu porte, é importante que o dono tenha experiência prévia com outros cães, antes de integrar em casa e na sua família um Cane Corso. É recomendável disponibilidade para exercitar e treinar o Cane Corso todos os dias.

Para além disso, os cachorrinhos desta raça roem muito do que têm por casa, desde mobília a eletrónicos e são muito trapalhões. Por isso, os donos também precisam de muita paciência nesta fase.