Saúde e Higiene

Periodontite em cães e gatos: como identificar e reagir

Saiba o que é a periodontite em cães e gatos e descubra os sinais de alerta.
Tal como os seres humanos, os cães e gatos também sofrem de doenças da cavidade oral, sendo a periodontite a afeção mais frequentemente diagnosticada nos animais de companhia. Esta é uma patologia persistente e progressiva, que consiste em inflamação dos tecidos em redor dos dentes. Descubra os principais sintomas e causas.

Sintomas

A gengivite é a inflamação da gengiva e precede a doença periodontal. Alguns sinais associados a gengivite são:
  • Presença de gengivas inchadas e ruborizadas (mais vermelhas);
  • Mau odor;
  • Gengivas que sangram com maior facilidade, por exemplo quando os animais mastigam comida ou mordem brinquedos.
Se a gengivite evoluir para uma periodontite, são comuns estes sintomas:
  • Mau hálito progressivo;
  • Salivação excessiva;
  • Dificuldade em alimentar-se;
  • Sangue nas gengivas;
  • Mobilidade ou queda de dentes.
Causas

Cães e gatos, tal como o ser humano, têm bocas cheias de bactérias. Estes microrganismos, ao combinarem com saliva, criam um biofilme nos dentes que leva à formação de placas. Caso estas placas não sejam tratadas, inevitavelmente aumentarão de tamanho.

O corpo combate estas placas com o sistema imunitário, no entanto, isto torna-se prejudicial, pois aumenta a inflamação dos tecidos e destrói os tecidos em redor dos dentes.

À medida que a doença progride, podem surgir novas complicações nomeadamente recessão gengival e maior mobilidade dos dentes. Este processo de evolução ocorre em semanas, meses ou até mesmo anos.

Tratamento

Se notar alguma destas alterações, deve agendar uma consulta para o seu animal de estimação com o seu médico veterinário.