Cão Serra Aires
Raças de Cão

Cão da Serra de Aires: inteligente e sempre leal

Com reputação de bom pastor e de trabalhador, o Cão da Serra de Aires é uma raça portuguesa ainda relativamente desconhecida. Este cão distingue-se pela inteligência e lealdade ao dono. Descubra tudo sobre o Cão da Serra de Aires, qual a sua origem e as principais características.

 
Com a lealdade nos genes, proveniente dos tempos de pastoreio nas planícies alentejanas, o Cão da Serra de Aires é uma raça cães portuguesa especial, principalmente se tiver uma família e espaço. Saiba tudo sobre esta raça.

Origem

O nome engana. O Cão da Serra de Aires é oriundo de Portugal, mas a serra que lhe dá o nome não é a Serra de Aires e Candeeiros no distrito de Leiria mas sim a Serra de Aires em Monforte, no distrito de Portalegre. Estima-se que esta raça tenha surgido no século XIX.

O Cão da Serra de Aires era utilizado para conduzir e pastorear ovelhas, cabras, porcos, cavalos e vacas, pelas planícies do Ribatejo e Alentejo.

Nos anos 70, o número de cães desta raça encontrava-se em declínio, ao ponto de a raça ficar quase extinta. Valeram um conjunto de criadores que se dedicaram ao Cão da Serra de Aires e recuperaram o número destes patudos.

Tamanho

O Cão da Serra de Aires tem porte médio. Podem medir entre 42 a 55 centímetros de altura. O seu peso, dependendo se é fêmea ou macho, pode variar entre os 12 e os 27 quilos.

Pelagem

A pelagem do Cão da Serra de Aires é muito comprida, lisa ou ligeiramente ondulada, formando barba e bigodes compridos, mas sem cobrir os olhos. Esta raça, à semelhança do cão-de-água português, também não tem subpelo, o que a torna perfeita para famílias com alergia ao pelo.

Ainda assim, necessita de uma escovagem semanal. Quanto às cores, são permitidas o amarelo, o castanho, o cinzento, o fulvo e o lobeiro.

Personalidade

Protetor, fiel e afetuoso. Assim é o Cão da Serra de Aires. Devido ao seu instinto de pastor, tende a “pastorear” os membros da família. É um cão paciente com crianças, mas é aconselhável que não o deixe sozinho com elas.

A inteligência e lealdade deste cão, fá-lo ser considerado um cão de um dono só, a quem ele quer sempre agradar.

Devido ao seu instinto de pastor, o Cão da Serra de Aires tende a “pastorear” os membros da família.


O Cão da Serra de Aires é também territorial, o que faz dele um bom cão de guarda, uma vez que tende a ser hostil em relação a estranhos.

Tenha em atenção este é um cão de exterior. Lida facilmente com variações de temperatura extremas, estando apto para suportar o frio e o calor. É muito energético e precisa de estímulos, por isso não é aconselhado para apartamentos.

Problemas de saúde

À semelhança de outros cães do mesmo género, o Cão da Serra de Aires é um animal muito saudável. Os seus problemas mais comuns são dermatológicos.
Esta raça portuguesa tem uma esperança média de vida de 12 a 13 anos.

Afetuoso e brincalhão com a sua família, o Cão da Serra de Aires relaciona-se também de forma relativamente fácil com outros animais. Esta é uma raça pertencente ao grupo de Cães Pastores e Boieiros sendo, por isso, naturalmente um bom cão de pastoreio, de guarda e de companhia.

Em qualquer contexto, a sua lealdade e inteligência destacam-no e fazem dele um companheiro inseparável para qualquer família.