Saúde e Higiene do Bebé

Alergias: A "tendência alérgica" é hereditária?

Se os pais tiverem alergias, poderão estas passar para as crianças? Serão as alergias hereditárias? Saiba tudo aqui.

O que são alergias?

Alergias são reações anormais do sistema imunitário a partículas habitualmente inofensivas para a maioria das pessoas. Quando uma pessoa é alérgica a algo, o sistema imunitário acredita erroneamente que essa substância está a fazer mal ao seu corpo.

Quem pode ter alergias?

A tendência alérgica é em grande parte hereditária. Isto significa que pode ser passada pelos genes dos pais para as crianças. Atualmente, qualquer criança tem cerca de 17% de hipóteses de vir a desenvolver algum tipo de alergia ao longo da sua vida. Mas se esta criança tiver um dos pais com alguma alergia, a sua tendência alérgica sobe para 20 a 50%. Se por azar da criança, ambos os seus pais forem alérgicos, então a sua probabilidade de desenvolver uma alergia passa para cerca de 70%. No entanto, o facto de um dos pais ou filhos ter alergias, não significa que todos os filhos serão alérgicos definitivamente. Além disso, algumas crianças podem ter alergias sem que qualquer membro da família seja alérgico e aqueles que são alérgicos a algo, provavelmente serão alérgicos a outras substâncias.

Quais os alergénios mais comuns?

  • Ácaros – insetos microscópicos que vivem à nossa volta e que se alimentam das células mortas da nossa pele que caem todos os dias. São o alergénio mais comum do pó da casa, podendo estar presentes em locais como carpetes, lençóis da cama, etc.
  • Pólen – Árvores, ervas e flores libertam estas pequenas partículas para o ar para fertilizar outras plantas. São mais frequentes durante a primavera.
  • Animais de estimação – Mais frequente em cães ou gatos. Não é o pelo propriamente dito dos animais que causa as alergias, mas sim a saliva, secreções ou urina contendo substâncias alergénicas.