Raças de Cão

Pinscher: a pequena raça alemã dotada de confiança e alegria

O Pinscher é descendente de uma raça alemã, semelhante aos Schnauzers. É um cão bastante ligado à família e sem receio de se fazer notar, na presença de estranhos. Conheça tudo sobre esta raça da Europa Ocidental.
O instinto de guarda e caça estão muito presentes no cão Pinscher alemão, o que faz bastante sentido devido à sua origem relacionado com os cães das turfeiras, companheiros do homem desde a Idade da Pedra. Saiba tudo sobre este cão de estatura média a pequena.

História e Origem

Os ascendentes do Pinscher já existiam na antiguidade, várias foram as descobertas que desvendaram ossos e crânios do arquétipo deste cão, durante a Idade da Pedra.

Nos finais do século XIX, era um animal que se encontrava, frequentemente, em quintas, sendo muito apreciado por agricultores. Porquê? Este pequeno animal é famoso pela sua personalidade atenta, o que o leva a conseguir detetar, facilmente, a presença de roedores nas propriedades.

Ao longo dos anos, o Pinscher foi utilizado na criação de diversas raças na Alemanha, entre as quais, o Doberman.

Tamanho

O Pinscher apresenta uma estatura que varia entre os 25 e os 30 cm.

São conhecidas duas variedades deste cão: o Pinscher médio que pesa entre 12 e 16 kg e o Pinscher anão que pesa entre 2 a 4 kg.

Pelagem

A pelagem da raça Pinscher é curta, cerrada e bastante acamada. Em termos de coloração, este cão pode apresentar um pelo unicolor (apenas uma cor) ou bicolor (de duas cores):

Unicolor

Fulva ou castanha, com várias tonalidades que podem ir até ao vermelho veado.

Bicolor

Fulva ou castanha, com várias tonalidades que podem ir até ao vermelho veado.

Personalidade

Naturalmente atento, alegre e confiante, é assim que se define o cão Pinscher. Um animal adaptado ao interior, ou seja, a ambiente caseiro. É um cão muito asseado que, facilmente, pode viver num ambiente citadino, desde que lhe seja proporcionado um mínimo de exercício.

Uma adequada educação e socialização podem ser benéficas para treinar o particular temperamento do Pinscher alemão. Tal deve-se ao facto do animal gostar de desafiar os outros cães, pois ignora a sua pequena estatura, também se mostrando atento e curioso na presença de estranhos que se aproximam.

Problemas de saúde mais comuns

Com os anos, o Pinscher pode manifestar problemas ao nível:
  • Dermatológico (alopecias);
  • Articular (necrose assética da cabeça do fémur).
A esperança média de vida desde animal é de 15 anos de idade.

O seu espírito destemido, faz do Pinscher um cão especial e igual a nenhum outro. É um cão de guarda e de companhia que requer alguma atenção, face ao seu comportamento dominante. Contudo, com amor e educação adequadas, tende a ser um cão bastante agradável e alegre.