Raças de Cão

Perdigueiro Português: o cão tão antigo como a História de Portugal

O Perdigueiro Português é conhecido pelo seu excelente faro e rapidez. Este companheiro canino de estatura média corresponde uma raça fortemente portuguesa, que pouco se conhece lá fora. Saiba mais sobre esta antiga raça ibérica:
Desde a fundação do Condado Portucalense, no século XII, que está documentada a existência do cão Perdigueiro. Conheça as características que definem este animal tão antigo como o reino de Portugal.

História e Origem

Apenas se conhece que o Perdigueiro Português é descendente de uma antiga raça ibérica chamada de Perdigueiro Peninsular. Aponta-se a possibilidade da sua descendência ser proveniente do Oriente, mas nada está totalmente comprovado.

Esta raça autóctone, muito pouco conhecida fora de Portugal, esteve em vias de extinção após vários cruzamentos com raças estrangeiras que chegavam ao território português.

Em 1920, um grupo de criadores liderado por Eurico Basto Corrêa, dedicou-se a salvar este cão, para que a sua fisionomia original não se perdesse.

É um cão usado na caça de aves, de onde vem a origem do seu nome: “Perdigueiro”, relacionado com o termo da ave perdiz.

Tamanho

A estatura e peso do Perdigueiro Português varia entre o género do cão.

Os machos apresentam um tamanho que vai dos 52 aos 60 cm, pesando entre 20 e 27 kg. Por sua vez, as fêmeas medem entre 48 e 56 cm, e pesam entre 16 e 22 kg.

Pelagem

A pelagem do Perdigueiro Português exige uma escovagem diária, sendo de pelo curto, forte, bastante acamado e pouco macio, sendo fino e raso nas orelhas. Não tem sub-pelo.

A tonalidade da pelagem pode ser amarela ou castanha, unicolor ou marcada de branco.

Personalidade

Este é um cão de nível de adaptação a exterior e interior bastante bom. A sua vivacidade, calma e doçura fazem do Perdigueiro Português um excelente animal de estimação. Também pode ser usado como cão de caça, principalmente, de aves, visto ser muito veloz, ativo e com um faro muito apurado.

A única condição deste animal é que necessita de bastante exercício, em grandes espaços.

Problemas de saúde mais comuns

O Perdigueiro Português, frequentemente, desenvolve problemas auriculares (otites), pelo que é importante inspecionar de forma regular as suas orelhas. A sua esperança média de vida é de 15 anos.

Um amigo de quatro patas curioso, com uma origem tão antiga como Portugal. O Perdigueiro Português é um cão de estatura média muito inteligente e de agilidade como não há igual.