Gato Sphynx
Raças de Gato

Gato Sphynx: sem pelo, inteligente e leal

Há quem lhe chame o gato egípcio. Há quem adore e quem não seja fã do seu aspeto. Mas a um gato sphynx ninguém fica indiferente. Descubra tudo sobre esta raça de gatos, qual a sua origem e quais as principais características.

E se este “gato egípcio” não tiver origem no Egipto? E se, apesar de não parecer “fofinho”, este for um dos gatos mais sociáveis e leais ao seu dono? Um Sphynx destaca-se naturalmente pelo seu aspeto, mas ao conhecer a sua personalidade, irá perceber o que o torna realmente especial. Descubra tudo sobre esta raça.

História e Origem

A origem da raça de gatos Sphynx divide-se entre os Estados Unidos, o Canadá e a Europa. 

Os primeiros gatos do tipo Sphynx nasceram no Canadá em 1966, quando uma gata deu à luz uma ninhada de gatinhos totalmente nus. E, na ninhada seguinte, o mesmo voltou a acontecer. Nessa altura, a raça fora denominada por “Moon Cats” (Gatos da Lua), depois por “Canadiannaked” (Canadense Nu) e, só posteriormente, por Sphynx.

Todavia, o gene que fazia com que estes gatos não tivessem pelo era considerado letal, e o reconhecimento dado à raça foi retirado em 1971.

Atravessando as cataratas do Niágara, chegaram aos Estados Unidos em 1975, quando dois agricultores descobriram numa ninhada um gatinho sem pelo. Emparelhado a um outro com a mesma condição, os dois foram vendidos a Kim Mueske, uma criadora de Oregon que tornou estes dois gatinhos nos pais da raça de gatos Sphynx.

A partir daí, esta raça foi sendo desenvolvida, para os tornar mais saudáveis, sem perder o seu aspeto característico.

Durante o processo, o Sphynx chegou à Holanda em 1983, onde um criador os juntou com a raça de gatos Devon Rex. Este último cruzamento foi aquele que deu origem ao gato Sphynx como o conhecemos hoje em dia.  

Em 1998 a raça Sphynx era finalmente reconhecida pela CFA, o que potenciou o desenvolvimento da mesma.

Por fim, fica a questão: de onde vem o nome Sphynx? Esta palavra significa Esfinge e foi a Esfinge das Pirâmides de Gizé que inspirou o nome desta raça.


Tamanho

Um gato Sphynx tem tamanho médio. O seu peso pode variar entre os 3.5 kg e 7kg. Apesar da sua aparência fina e esguia, o corpo é musculado e de ossos fortes. A grande diferença em termos de corpo para um gato doméstico, por exemplo, é apenas a falta de pelo, que confere ao Sphynx um aspeto mais frágil.

Pelagem

A pele enrugada é aparamente nua, mas um gato Sphynx tem uma penugem fina em todo o corpo. Alguns pelos estão presentes na face, patas, cauda e testículos.

Naturalmente, um gato Sphynx não exige escovagem, mas a sua pele requer cuidados semanais. Ela deve ser lavada no banho ou com uma escova todas as semanas para limpar o óleo segregado naturalmente pela sua pele.

Ao contrário do que se possa pensar, este gato nunca é agressivo.


À semelhança da pele, as orelhas também devem ser limpas uma vez por semana com um produto de limpeza adequado. Por fim, o dono de um gato Sphynx deve proceder à limpeza dos canais lacrimais sempre que necessário com soro fisiológico.

Outra característica diferente de um gato Sphynx é a ausência de bigodes. Isto leva a que seja um gato desajeitado, com alguma dificuldade em escalar. Por isso, para além da sua falta de pelagem que o tornam naturalmente num gato de interior, a sua falta de capacidade para escalar ajudará a manter as suas coisas de casa em bom estado.

Personalidade

Há um episódio da aclamada série Friends onde surge um gato Sphynx retratado como um gato agressivo. No entanto, isto é totalmente o oposto do que um gato Sphynx realmente é.

Este gato nunca é agressivo, é muito sociável, inteligente e brincalhão. Adora ser mimado, é muito afetuoso e muito ligado ao seu dono. De tal forma, que um gato Sphynx tende a “eleger” um dono ao qual se dedicará até ao fim da sua vida.

Apesar do aspeto frágil, este é um gato enérgico com o qual pode brincar com frequência. Tolera crianças desde que familiarizado com elas.

Problemas de saúde

Um gato Sphynx é muito sensível ao frio, calor e humidade. No inverno, é indispensável administrar uma alimentação energética para manter a temperatura corporal ligeiramente superior. Durante o Verão ou dias quentes de Primavera ou Outono, é conveniente evitar a exposição ao sol visto que um Sphynx pode sofrer queimaduras.

Esta raça de gatos é saudável e não costuma ter grandes problemas de saúde ou que derivem da sua genética. Os problemas de pele serão os mais comuns, mas sempre evitáveis desde que o dono trate adequadamente da pele do seu gato.

A esperança média de vida de um gato Sphynx é de 14 anos.


Aliando todas as suas características físicas à sua personalidade, este é um gato talhado para viver no interior das nossas casas. O mais importante para um dono de um gato Sphynx é estar preparado para tratar da higiene deste gato todos os dias e prestar atenção à sua alimentação no Inverno.