Raças de Cão

Dogue de Bordeaux: das raças mais antigas de França

Descubra tudo sobre a raça de cão Dogue de Bordeaux, qual a sua origem e quais as principais características. Saiba mais aqui!

O Dogue de Bordeaux é um cão destemido, confiante e muito dócil. Apesar de ser muito territorial, no sentido em que protege o seu espaço e aqueles que o rodeiam, não é um animal agressivo.

Descubra estas e outras curiosidades sobre o Dogue de Bordeaux.

História e Origem

O Dogue de Bordeaux é o único Dogue Francês e uma das raças mais antigas de França.

Esta raça parece ter sido cruzada, ao longo dos séculos, com várias espécies de Mastiffs e Buldogue, originando uma raça fiel ao seu dono e instintivamente protetor do seu território. O Dogue de Bordeaux era, assim, muito utilizado no combate e caça de javalis, touros e até ursos.

A par de outras raças, o Dogue de Bordeaux sofreu bastante durante as duas Guerras Mundiais, chegando a ser ameaçado de extinção até aos anos 60, quando a sua criação voltou a crescer.

O Dogue de Bordeaux tornou-se muito popular nos Estados Unidos, em 1989, após o lançamento do filme “Uma Dupla Quase Perfeita”. Este filme retrata as aventuras de um detetive (Tom Hanks) e do seu cão, Hooch, um Dogue de Bordeaux cheio de personalidade.

Tamanho

O Dogue de Bordeaux é considerado um cão de porte grande, sendo que pode atingir uma altura entre os 58 e 68 cm de altura. No que diz respeito ao peso, o macho tem um peso mínimo de 50kg e a fêmea 45kg.

É musculoso, atlético e robusto. A cabeça maciça e grande, com rugas profundas e um focinho curto, são algumas das características físicas mais marcantes.
Dogue De Bordeaux
Pelagem

A pelagem do Dogue de Bordeaux apresenta-se numa cor uniforme (salvo o branco, cinzento rato, azul, negro e fogo) ou raiada com riscas. O pelo é curto, denso, macio e acamado.

Esta raça requer um cuidado extra com o pelo e a pele. Deve limpar as rugas duas vezes por semana com um gaze embebida em soro fisiológico, de forma a evitar assaduras. Garanta que ficam bem secas.


Personalidade

É obediente, dócil, extremamente fiel aos donos e muito tolerante com crianças. Desconfiado com estranhos, pelo que constitui um ótimo cão de guarda.

Apesar de ser um cão pachorrento e de pouca atividade, precisa de muito espaço e de exercício. Por essa razão, adapta-se mal à vida em apartamentos.

Odeia estar sozinho e tende em ser teimoso em algumas ocasiões, mas quando aprende alguma ordem, dificilmente a esquece.

Problemas de saúde mais comuns

A esperança média de vida de um Dogue de Bordeaux ronda os 8 e os 12 anos de idade.

Alguns dos problemas de saúde mais comuns são:
  • Problemas articulares (displasia da anca);
  • Problemas cardíacos (estenose sub-aórtica);
  • Problemas oculares (displasia da retina).
O Dogue de Bordeaux é um excelente cão de companhia que exige pouco para ser feliz. São apenas necessários alguns cuidados relacionados com a sua atividade física e com a pelagem, de forma a evitar problemas que comprometam a sua saúde.

É extremamente dócil, protetor e companheiro dos seus donos. Se tem ou pensa ter crianças, saiba que estes cães são muito pacientes e aceitam bem qualquer brincadeira.

O Dogue de Bordeaux é uma raça perfeita para famílias que não vivem em apartamentos, que gostam de integrar os animais na sua atividade física e que não dispensam uma boa companhia.