Raças de Cão

Boxer: brincalhões, agitados e inteligentes

O Boxer pode até assustar inicialmente, mas rapidamente demonstra o quão carinhoso e simpático pode ser. Descubra tudo sobre esta raça de trato fácil.

Apesar do aspeto ágil e forte, o Boxer é um companheiro gentil e alegre, muito amigo de qualquer família. Descubra tudo sobre a origem e as características desta raça.

Origem

A raça Boxer surgiu em 1890, através do cruzamento do cão de caça Bullenbeisser germânico com um Bulldog Inglês. No passado, foram usados como cães de combate e defesa contra animais selvagens.

O Boxer foi registado pela American Kennel Club, em 1904, mas o grande interesse só surgiu anos depois, em 1950. Nesse ano, um exemplar ganhou o torneio de competição canina de Westminster e tornou-se uma celebridade. Desde então, o interesse foi aumentando até se tornar uma raça bastante popular.

Inicialmente era tido sobretudo como um cão de utilidade, criado para trabalhar. Apesar de se terem destacado pelo papel como cão de guarda, hoje são mais conhecidos como animais de companhia.

Tamanho

O Boxer é um cão de médio porte, cuja altura varia de 53 a 63cm. O peso pode chegar aos 32kg.

Pelagem

O Boxer possui pelo curto, duro e muito brilhante, quando bem cuidado. É possível encontrá-lo nas cores fulva ou fulvo-malhado e, por norma, possuem riscas discretas ao longo do corpo, principalmente no dorso.

Como o pelo é curto, escovar uma vez por semana já ajuda a eliminar os pelos mortos, o que pode ser feito com luvas, e não necessariamente com escovas.

Na maioria das vezes, são cães muito limpos e que não gostam de sujidade, podendo até mesmo fazer uma autolimpeza, tal como os gatos.

Personalidade

Os Boxer são extremamente brincalhões, gostam de ter um espaço amplo para correr e saltar, mas não se habituam à vida apenas ao ar livre.

É um cão que normalmente não ladra muito, no entanto, podem demonstrar a felicidade e excitação com um ladrar alto. Não é um cão para passar a maior parte do dia sozinho: fica aborrecido e pode ter comportamentos destrutivos para com os objetos da casa.

O Boxer adapta-se muito bem à rotina da família, é amigável com crianças e também costuma aceitar outros animais. Para tal, é importante socializá-lo desde as primeiras semanas de vida. Pode ser protetor e territorial, na tentativa de proteger os seus humanos. Por isso, é importante que seja apresentado a várias pessoas e outros animais, para que cresça tranquilo e em equilíbrio.

O Boxer tem um lado mais teimoso, mas sentindo-se seguro é fiel e dócil.


Por último, é uma raça bastante inteligente, embora também algo teimosa, sendo o treino bom para o seu desenvolvimento. Por serem muito grandes e brincalhões, podem magoar sem ter a intenção de o fazer. Para ensinar os limites a um Boxer, é preciso educá-lo com paciência, coerência e amor.

Problemas de saúde

O Boxer é uma raça com tendência para alguns problemas de saúde. Estes são os mais comuns:
  • Deformidades nas articulações, displasia de anca, artrose ou espondilose, um tipo de artrose que afeta a coluna vertebral.
  • Problemas de coração, como as cardiopatias.
  • Tendência genética para sofrer com tumores em diferentes partes do corpo, sendo fundamental estar atento às mudanças de comportamento, aparecimento de nódulos ou falta de apetite. 
  • Alergias de pele severas, pelo que é recomendado observar frequentemente as suas orelhas, patas, ouvidos, focinho e olhos. Se apresentarem vermelhidão ou mau cheiro, deve procurar um veterinário.
  • Sensibilidade às mudanças de temperatura que, devido ao seu focinho achatado, podem fazê-lo roncar bastante. Também reage mal às atividades físicas em dias de calor.
Sendo uma raça tão delicada, é crucial uma criação responsável.

O Boxer é um cão amistoso, obediente e com vontade de aprender. É uma raça que pede tranquilidade, calma e bom humor. Adora longos passeios em família, corridas e viagens ao lado dos seus humanos. O passar dos anos não lhe afeta o entusiasmo pelas brincadeiras e as crianças são a sua perdição, por isso, este é o patudo certo para viver inseparável de uma família.