Raças de Cão

Rottweiler: um cão robusto com um interior sensível

O cão Rottweiler, conhecido pelo “cão do açougue”, é dedicado ao seu dono e revela um espírito inteligente. Na Idade Média, esta raça defendia os comerciantes de carne contra os malfeitores. Descubra mais sobre este cão:
O Rottweiler prima pela proteção, revelando assim uma atitude dominante na presença de estranhos. É uma excelente opção para quem procura um cão de guarda, polícia ou exército. Apesar da sua figura austera, esta é uma raça calma e muito paciente em ambiente familiar.

História e Origem

O cão Rottweiler é descendente do boiadeiro bávaro ou do molosso, tendo sido introduzido na Alemanha, no período das invasões romanas. Os legionários romanos apreciavam a sua força, agilidade e vitalidade.

Durante a Idade Média, na aldeia de Rottweil, província de Vurtemberga, estes animais guardavam rebanhos e eram enviados para os mercados do Império Romano, de forma a defender os comerciantes de carne dos potenciais ladrões. Graças ao seu instinto vigilante, a corporação de talhantes adotou esta raça que passou a ficar conhecida como o “cão do açougue”.

Tamanho

A estatura do Rottweiler é de médio porte. Os machos atingem o tamanho máximo entre 61 e 69 cm, oscilando por um peso por norma de 50 kg. As fêmeas Rottweiler são, ligeiramente mais pequenas, tendo entre 56 a 63 cm, com um peso de cerca de 42 kg.

Pelagem

A pelagem do cão Rottweiler é negra e média, com marcas em castanho “fogo” na zona da face, por cima dos olhos, no focinho, na zona inferior do pescoço, peitorais, membros e sob a base da cauda. Em termos de textura este animal revela um pelo duro, liso e cerrado.

Uma escovagem diária do pelo é necessária.

Personalidade

O Rottweiler é um animal inteligente, equilibrado e calmo, mas que apresenta um temperamento dominador e forte. Um treino e educação adequados, bem como o incentivo à socialização com outros cães é necessário.

Em contexto familiar, o cão Rottweiler mostra-se paciente com crianças, sendo muito dedicado e afetuoso com os seus donos.

O seu porte atlético exige espaço para viver, bem como tempo diário dos cuidadores para o levarem a passear para exercitar.

Problemas de saúde mais comuns

A esperança média de vida do Rottweiler centra-se entre os 9 e os 12 anos de idade. Sabe-se que os problemas de saúde que, comumente, atingem esta raça são:

  • Problemas articulares (displasia da anca e cotovelos);
  • Problemas cardíacos (displasia mitral, estenose subaórtica, cardiomiopatia dilatada);
  • Tumores.
O Rottweiler é o sinónimo de segurança canina, um cão que nunca hesita em proteger assim que as situações o exijam. Uma raça que nasceu para cuidar de famílias e servir corpos de policiamento ou exército.