Bull Terrier
Raças de Cão

Bull Terrier: brincalhão e corajoso

O Bull Terrier tem características inconfundíveis. Descubra mais sobre esta raça canina, com uma expressão única.

O Bull Terrier é um animal único. Dono de um físico intimidante e personalidade amigável, este cão de grande porte é corajoso, brincalhão e adapta-se muito bem à vida em comunidade. Descubra tudo sobre a origem e as características desta raça.

Origem

A história do Bull Terrier começa no longínquo ano de 1830, quando um conjunto de criadores se decidiu a criar um “gladiador da espécie canina”. Vários anos e tentativas de cruzamento depois, surge o primeiro exemplar de Bull Terrier, uma mistura de Bullldogs com o Old English Terrier.

A raça nasceu com um objetivo claro e violento: a utilização nas lutas com touros, entretanto banidas em Inglaterra e no mundo. Mas os criadores rapidamente se adaptaram, e passaram a utilizar o Bull Terrier nas lutas com outros cães, negócio lucrativo para alguns à custa da vida de muitos cães. Até que a sociedade deu mais um passo em frente e também proibiu esta forma de crueldade animal.

É esta história de violência que fez com que o Bull Terrier adquirisse a fama de ser uma raça perigosa. Apesar disto, e depois de várias décadas de evolução, demonstra sempre uma grande proximidade e carinho pelos humanos.

Tamanho

Considerado uma raça de grande porte, a altura pode variar entre 51 e 61 centímetros, podendo pesar entre 20 e 36 quilos. A musculatura é robusta e musculosa, apresentando-se em duas espécies, a Bull Terrier Standard e Bull Terrier Miniatura. A variação miniatura apresenta o tamanho máximo de 35,5cm e até 15kg.

Pelagem

De focinho comprido e cabeça em formato de ovo, o Bull Terrier tem pelo curto, denso e liso. Praticamente não tem queda de pelo, bastando escovar apenas uma vez por semana.

A pelagem mais comum é branca, podendo apresentar manchas pretas ou tigradas na cabeça, malhados de preto, vermelho, ruivo unicolor e tricolor.


O Bull Terrier sobreviveu a uma história de violência e desenvolveu um grande carinho pelos humanos.



As variações conhecidas como "piratas" têm apenas um olho marcado, e estão entre as mais procuradas pelos amantes desta raça.

Personalidade

Para além de corajoso e brincalhão, é uma raça fiel. Não gosta de ficar muito tempo sozinho e tem necessidade de muito exercício. É afetuoso, com uma personalidade forte e, por vezes, é até obstinado. Necessita de uma educação rigorosa desde pequeno, para que se torne mais equilibrado.

Por ser bastante ativo, gosta de ter espaço suficiente para correr e gastar toda a energia acumulada, para além de outras atividades que o mantenham mentalmente saudável.

Uma das maiores dúvidas que surge é se é uma raça compatível com crianças. Apesar de ser necessário supervisão com crianças pequenas, isso deve-se ao seu brincar mais ativo que pode magoar sem intenção. No entanto, eles são grandes companheiros de brincadeiras, um verdadeiro amigo das famílias.

Problemas de saúde

Com uma esperança média de vida de 15 anos, o Bull Terrier pode apresentar condições de saúde específicas, como problemas oculares (cataratas, queratoconjuntivite seca), dermatológicos (atopia), cardíacos (estenose aórtica) e tumores.

A sua pele é um ponto sensível, se compararmos com outras raças. Portanto, é necessário estar atento às regiões mais claras, como as orelhas e o focinho. O protetor solar de uso veterinário é um bom aliado.

A surdez nas variações mais brancas do Bull Terrier pode ser uma realidade, relacionada com fatores genéticos. Para além disso, deixar um cão desta raça sozinho em casa pode causar-lhe stress e é possível que coma de tudo, podendo levar a graves bloqueios gastrointestinais. 

O Bull Terrier é extrovertido e prefere famílias ativas. Apesar do seu temperamento, com uma educação equilibrada e socialização, é possível ter um amigo para a vida. Com os cuidados devidos, o Bull Terrier adapta-se bem a um apartamento, desde que seja exercitado diariamente com brincadeiras e passeios ao ar livre.