Alimentos

Cavala: vitamínica e saborosa

A cavala é um peixe típico numa mesa portuguesa, rico em sabor e saúde e muito versátil na cozinha. 

A cavala é uma fonte de vitaminas e minerais, essenciais ao bom funcionamento do nosso organismo, com influência direta no desenvolvimento intelectual e acuidade visual. Saiba tudo sobre peixe que está a ser redescoberto na culinária portuguesa.

Os benefícios da cavala

A cavala é saborosa e excecionalmente rica em vitaminas e ácidos gordos ómega-3. Além de vitamina D, niacina, B6, B12 e fósforo, podemos encontrar neste peixe da costa uma boa fonte de potássio, zinco e riboflavina.

Por permitir uma culinária requintada e devido às suas caraterísticas nutricionais, a cavala está a ser redescoberta por chefs e famílias de todo o país. Contribui para a prevenção de doenças do foro cardiovascular, importante também para as grávidas ou mulheres que pensem engravidar, para o desenvolvimento intelectual e para a acuidade visual.

A Organização Mundial de Saúde recomenda um mínimo de uma a duas refeições de peixe gordo por semana, de modo a garantir 200 a 500 mg de ómega-3. A cavala cumpre esse objetivo, uma vez que é das espécies mais abundantes na costa portuguesa e inclui também esse nutriente.

Breve história da cavala

A cavala, cujo nome científico é Scomber colias foi, ao longo dos tempos, uma espécie muito rejeitada no mar, aproveitada apenas para isco de várias artes de pesca e residualmente na alimentação humana.

A cavala, que é pescada sobretudo pela arte do cerco durante todo o ano, mas com maior intensidade nos meses de verão e do outono, historicamente ocupou sempre a segunda posição no ranking das espécies mais desembarcadas em Portugal, mas de 2012 a 2015 conquistou o primeiro lugar.


Por permitir uma culinária requintada, a cavala está a ser redescoberta por chefs e famílias de todo o país

Nos últimos tempos, tem existido tendência para um maior consumo, até porque várias entidades, restaurantes e chefs de cozinha têm apostado na divulgação e promoção deste peixe delicioso e saudável, principalmente com iniciativas em território algarvio.

Como consumir cavala

Existem várias formas de consumir cavala, tais como em filetes, grelhada, cozida ou no forno. A cavala casa bem com legumes grelhados e vinho branco.

Para escolher a cavala mais fresca, atente aos pormenores dos olhos brilhantes e convexos, ao odor agradável e à cor viva. A cavala também deve apresentar uma consistência firme.

Pode conservar este peixe num recipiente fechado no frigorífico entre 1 e 2 dias. Se congelar, o peixe mantém as suas propriedades durante mais tempo.

O que é que a cavala tem?

A cavala é rica em vitaminas e minerais, e tem um baixo teor de colesterol, sendo recomendado o seu consumo frequente. Por ser rica em ómega-3, deve fazer parte da dieta, de forma a garantir a média semanal recomendada de refeições de peixe gordo.