Raças de Cão

Cão de Castro Laboreiro: um companheiro para a vida

O Cão de Castro Laboreiro é o orgulho da vila nortenha que lhe dá o nome. É leal ao dono e não foge do trabalho, apesar do seu porte majestoso. Descubra tudo sobre esta raça.

Esta raça com origem na aldeia de Castro Laboreiro pertence, provavelmente, a uma das mais antigas raças da Península Ibérica. O cão de Castro Laboreiro era utilizado para proteger o rebanho contra os lobos.

Hoje, são muito procurados pelo seu temperamento leal, dócil, robusto e calmo, adaptados tanto ao interior como ao exterior. Descubra tudo sobre esta raça.

História e origem

No extremo Norte de Portugal, situa-se a Vila de Castro Laboreiro, uma paisagem agreste e montanhosa. A criação de gado é uma tradição secular, uma atividade acompanhada de perto por um ser de aspeto dócil e olhar atento: o Cão de Castro Laboreiro.

Para acompanhar e defender o gado, os habitantes de Castro Laboreiro desenvolveram um cão ágil e robusto. A sua estatura torna-o ideal para escalar montes, dada a sua agilidade, tendo também a força e a coragem para enfrentar potenciais predadores, designadamente lobos. Não admira que o Cão de Castro Laboreiro, uma raça reconhecida internacionalmente, seja um orgulho para os habitantes da antiga Vila que lhe deu o nome.

Este orgulho atinge o expoente máximo com a existência do Concurso de Cães de Castro Laboreiro, um evento centenário em Portugal. Até à década de 80, o Cão de Castro Laboreiro era apenas conhecido na região do Minho. Contudo, a raça começou a expandir-se pelos quatro cantos do país e é hoje conhecida por todos os portugueses.

Tamanho

O Cão de Castro de Laboreiro é considerado um patudo de grande porte, com altura que varia entre os 52 e 60 cm, podendo pesar de 45 a 75 Kg.

O corpo é forte e robusto, pelo que está preparado para suportar muito esforço físico.

Pelagem

A pelagem é curta e de textura bastante espessa. Quanto à tonalidade dos pelos, o Cão de Castro Laboreiro é encontrado em tons de preto e castanho.

Para que a pelagem fique limpa e brilhante, basta uma escovagem ocasional.

O Cão de Castro Laboreiro é uma excelente escolha para pessoas que tenham alergia ao pelo, uma vez que, por não possuir camada de subpelo não põe em causa a saúde das pessoas. Esta característica é muito difícil de ser encontrada noutros cães de gado.

Personalidade

Leais e dóceis com as pessoas que conhecem, os Cães de Castro Laboreiro são cães de guarda simplesmente impressionantes, que aparentam nunca perder a concentração, nem por um momento.

Esta raça de cães apresenta uma personalidade forte e dominante. Por tudo isto, lidar com Cães de Castro Laboreiro exige alguma assertividade ao nível do treino e obediência, e um forte espírito de liderança.

Os Cães de Castro Laboreiro têm ainda um latido muito distinto, ou seja, ressonante. Geralmente, começa com tons graves e termina num agudo longo semelhante a um guincho.

Problemas de saúde mais comuns

O facto de esta ser uma raça rústica permite que seja bastante saudável, não tendo particulares problemas de saúde que possam ser identificados. A esperança média de vida é de 11 a 13 anos.

O Cão de Castro Laboreiro é um parceiro leal, vigoroso e atento. A sua presença junto de crianças exige uma atenção permanente, e o dia-a-dia num apartamento pode ser penoso. Porém, tendo o espaço que a raça pede e um treino precoce, este será um companheiro insubstituível e para toda a vida.