Alimentos

Romã: uma superfruta, super saborosa

A romã é considerada uma superfruta pelos benefícios para a saúde, mas também é super saborosa. Descubra tudo sobre as vantagens e propriedades deste fruto.

A romã é saudável, hidratante, saborosa e pouco calórica. Tendo em conta que tem um alto teor de fibras solúveis, a romã pode ainda ajudar no processo de gestão do peso. Conheça os superpoderes da romã.

Os benefícios da romã

A riqueza nutricional da romã tem inúmeras vantagens para o organismo. Estas são as principais.

Reforço do sistema imunitário

A vitamina C presente na romã contribui para o normal funcionamento do sistema imunitário.

Antioxidante

Pela sua atividade antioxidante, a romã contribui para a proteção das células contra oxidações indesejáveis.

Controlo de hemorragias

Por ser fonte de vitamina K, a romã torna-se importante no aporte desta vitamina que contribui para uma normal coagulação do sangue.

Saúde óssea

A romã tem na sua composição teores consideráveis de vitaminas C e K, ambas com importantes funções na manutenção de ossos normais.

Gestão do peso

Por ser rica em fibras solúveis, e possuir uma percentagem elevada de água, a romã ajuda a prolongar a sensação de saciedade, sem aportar muita energia à refeição.

Como consumir romãs

A romã pode ser consumida de diversas formas: em sumo, ao natural, em sobremesas ou como decoração de vários pratos. Podem utilizar-se ainda em saladas, gelados e compotas.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, o grupo da Roda dos Alimentos “Fruta” deverá contribuir para a nossa dieta com 3 a 5 porções diárias. Uma porção de romã corresponde em média a 1/3 do fruto.

Muitas vezes, a principal razão para o baixo consumo deste fruto reside na sua preparação, que pode ser um pouco complicada. No entanto, existem algumas técnicas que podem facilitar o processo:
  • Corte a romã na longitudinal, ficando com duas metades. Vire a parte da casca para cima com um copo em baixo e bata-lhe com uma colher até os bagos caírem todos.
  • Corte as pontas da romã e de seguida corte-a ao meio e depois em quartos. Mergulhe as partes numa taça com água e, com a ajuda dos dedos, retire todos os bagos. Escorra a água e está pronta a consumir
Como escolher e conservar 

Na hora da compra, escolha as romãs com casca lisa e brilhante, sem cortes nem pisaduras e sem sinais de podridão.

As romãs conservam-se bem à temperatura ambiente mas, para prolongar o seu tempo útil de consumo, deve mantê-las no frio.

O que é que a romã tem?

Este fruto da romãzeira, originário do sudoeste asiático e que foi introduzida nos pomares egípcios há milénios, continua a surpreender nos dias de hoje. Alia um sabor único a benefícios para a saúde que lhe granjearam fama de superfruto. Escolha a forma em que o prefere consumir e introduza-o no dia-a-dia. A sua saúde agradece.