Raças de Cão

Beagle: ativo e astuto

O Beagle é uma raça inglesa muito antiga, com origem na Grã-Bretanha. Tornou-se conhecido por todo o mundo e é uma das raças preferidas dos portugueses. Descubra tudo sobre ela.

Se há cão que sabe muito bem o que quer, é o Beagle. Consegue cativar tudo e todos com seu tamanho reduzido, temperamento e polivalência. Mas também pela sua eficiência e velocidade. Alegre, enérgico, afetuoso e dócil, é um excelente companheiro e cão de caça. Descubra mais sobre a origem e as características desta raça.

Origem

O Beagle ocupou um lugar importante nos reinados de Henrique VIII e Isabel I, sendo inicialmente relatadas três variedades: Beagles do Sul (maiores), Beagles do Norte (porte médio) e Beagles pequenos.

Na década de 1860, surgiram como “beagles americanos”, uma linhagem importada e “aperfeiçoada” nos Estados Unidos.

Nesta nova linhagem, os criadores tinham como finalidade criar padrões de beleza e temperamento mais uniformes. Pouco depois, em 1885, o American Kennel Club reconheceu oficialmente esta raça.

Tamanho

O Beagle é um cão de raça média, compacto, que pode atingir os 40 centímetros de comprimento e até 18 kg. As patas são curtas, mas particularmente fortes e responsáveis pela rapidez e resistência. A cabeça é alongada e tem orelhas caídas e arredondadas.

Pelagem

O pelo do Beagle é curto, denso, resistente e brilhante. À exceção do castanho-avermelhado, todas as cores estão reconhecidas, podendo apresentar-se tricolor (preto, fulvo e branco) ou bicolor (limão e fogo; fulvo e branco).

A escovagem deve ser semanal, para permitir soltar com mais facilidade os pelos mortos. Como não solta muito pelo, não vai deixar uma quantidade exagerada pela casa. São uma raça limpa e sem um odor forte, por isso, os banhos podem ocorrer a cada 4 ou 6 semanas.

Personalidade

Muito ativo, inteligente e de temperamento estável, o Beagle é um cão corajoso e astuto. Tem alma de caçador, podendo até ser obstinado quando tem um objetivo. Relaciona-se bem com outros cães, mas pode necessitar de ser educado para agir de forma adequada e perceber alguns limites. Caso contrário, pode assumir-se como macho alfa do grupo.

O seu apetite não tem limites e pode comer qualquer coisa que esteja ao seu alcance. São ávidos por entretenimento, adoram jogos de inteligência e exercícios físicos. Para além disso, os passeios longos com a família são das suas atividades preferidas.

Por ser um cão que adora estar fora de casa para passear, é perfeito para donos ativos, que o possam acompanhar. O Beagle também apela por mimos, que em excesso podem erodir a autoridade do tutor. Apesar disso, aprende rapidamente e com pouco esforço.

Problemas de saúde

Existem algumas patologias comuns no Beagle, tais como:
  • otites, fruto do formato das suas orelhas, que não deixam o canal auditivo arejar;
  • hérnias discais;
  • meningites;
  • hiperadrenocorticismo;
  • hipertiroidismo;
  • epilepsia.
É importante fazer uma limpeza adequada dos ouvidos, vigiar atentamente a locomoção, evitando que subam e desçam grandes alturas como o sofá. Além disso, deve-se estar atento caso haja um aumento súbito na ingestão de água e na produção de urina.

Com uma esperança média de vida de 15 anos, entram na fase sénior pelos 8, sendo esta a altura indicada para redobrar os cuidados com as suas condições de saúde. Uma ração adequada a esta fase da vida vai ajudar na função articular e óssea, no sistema nervoso e na proteção de órgãos como o fígado e os rins.

O Beagle é muito dócil e protetor, tornando-se uma excelente companhia para toda a família, incluindo bebés e crianças. É difícil esgotar-lhe a energia, sendo extremamente sociáveis, curiosos e comunicativos. A sua teimosia exige a dedicação de algumas horas de treino. Esta é uma raça que se adapta muito bem à vida em apartamentos. Se optar por acolher um Beagle, vai ter a garantia de um fiel companheiro, sempre pronto a acompanhá-lo onde quer que vá.